ear

Consigo lembrar com muita nitidez das programações de emissoras de FM desde o início dos anos 80. Numa época em que o pop era descartável, mas duradouro. Um tempo em que tínhamos música pop como sendo aquelas pegajosas, de refrão fácil e de muita harmonia. Era inimaginável que chegaríamos ao que temos hoje em rádio…

Que tal recordar então? Preparei um set de pouco mais que 25 minutinhos com black music de primeira classe.

Abrindo, uma do último disco de Joey Negro e sua The Sunburst Band. TRUST ME foi lançada em 2012, mas tem gosto de música de 1981 – sem dúvida nenhuma. Aliás, este disco da Sunburst Band é muitíssimo bom, e suga tudo de qualidade que a música oitentista trouxe. TRUST ME tem os vocais deliciosos de Vivienne Mckone, que foi backing vocal de Al Jarreau no início dos anos 90. Pedigree valioso.

Em seguida, mais uma das ótimas canções de uma de minhas bandas favoritas: o Blue Feather. O single FEELGOOD foi lançado em 1985 e traz essa extended mix linda, muito harmônica e com aquele característico tecladinho das produções do Blue Feather. Essa faixa faz parte do disco Shadows Of The Night, que teve a produção da própria banda. O estilo dessa banda é inconfundível e muito marcante, melodicamente falando. Aprendi a admirar esse grupo depois da inebriante LET’S FUNK TONIGHT, de 1982, mas o melhor viria com seu álbum Shadows Of The Night, três anos depois, e que ainda toca bastante lá em casa ainda hoje.

A terceira, que entra mixada, é a sensacional TOSSING AND TURNING com Windjammer de 1984. O refrão e a construção melódica dessa canção são bonitas demais e fazem parte do segundo disco do grupo e que se chamou Windjammer II. Formado em Nova Orleans em 1983, a banda fazia música negra com muita influência do jazz e da soul music.

Black Ivory, e o baixo marcante de I’VE GOT MY EYES ON YOU, lançada em 1983, é a próxima faixa dessa sequência. Lançada no disco Then And Now, em 1984, a música I’VE GOT MY EYES ON YOU estourou nas pistas no ano seguinte, quando saiu como single na Inglaterra. A banda fez sucesso desde os anos 70 e tem um estilo muito próximo ao que se fazia musicalmente nas ruas de Nova Iorque. Deve ser por isso que ainda soa muito bom…

Fechando, Tyzik e o sax de JAMMIN’ IN MANHATTAN, que saiu em um monte de coletâneas em 1983. Essa faixa tocou na Transamérica FM, especialmente nos programas de sexta e sábado à noite. O swing desse balanço é perfeito pra pista de dança tem belos solos de saxofone.

Pronto pra curtir essa quase meia hora? Então clique no link abaixo com o botão direito do mouse e boa viagem à musicalidade do início da década de 80. Enjoy!

BLACK MUSIC

3 comentários sobre “Sou do tempo em que músicas assim tocavam em rádio!

  1. Pois é Ed. Bons tempos. É sempre bom ouvir músicas de qualidade que mexem com os nossos sentidos. Estamos carentes de conteúdo. Obrigado pelas belas postagens.
    Grande Abraço.
    Francisco.

    1. alo ed. feliz 2014.que bom que esta de volta .ta fazendo falta, .vamos juntos com muito som de qualidade nesse inicio de ano novo.um abraço BIG THE VALDER-PRESIDENTE PRUDENTE-SP.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s