Ôba! Um set com mais uma sequência d’As Maiores Remixes de Todos Os Tempos!

Faz um tempinho que não temos esses especiais das Maiores Remixes. Na semana passada fiz uma catação de algumas belas versões pra gente curtir nessa quinta-feira, pré-feriadão… E feriadão pra relaxar pode ter algumas remixes pra apimentar a cerveja gelada. Então, vamos resgatar mais um pouco dos anos 80 com um set de trinta e três minutinhos e cinquenta segundos mágicos!

Vamos abrir com uma versão muito rara pra Huey Lewis & The News e a clássica THE POWER OF LOVE, que foi tema do filme De Volta Para O Futuro em 1985. Esta versão é a anniversary mix e tem muita instrumental e ótimos cortes, mas sempre conservando a essência da original. Existe uma versão extended de época (que eu já curtia bastante), mas essa é muito mais gostosa. Pra recordar com classe os bons tempos quer eram os anos 80!

Seguindo, quase mixada, temos uma montagem com Doobie Brothers e WHAT A FOOL BELIEVES. Essa versão tem a batida de uma remix do Kool & The Gand pra um de seus sucessos (FRESH). Deliciosa pois traz a original com uma “roupa nova” só para a batida. Simples e com sabor de vodka on the rocks.

A terceira é uma verdadeira raridade, muito difícil de achar e muito bem feita. Trata-se da remix para Men At Work e a belíssima OVERKILL. Aliás OVERKILL é certamente uma das preferidas de um monte de gente. Aqui vamos curtir a linda will le rodeur remix com um início de passar mal. Tem trechos acústicos muito bonitos, mas o melhor a instrumental da original… Essa tem um gosto oitentista como poucas melodias conseguem. E é um dos melhores vinhos da minha geração!

Outra hard-to-find vem logo em seguida: Tears For Fears e uma remix incrível e muito bonita para HEAD OVER HEELS. Eu não conheço nenhuma outra versão que seja remontada com porções de instrumental e com overdubs do piano em destaque. Só essa! HEAD OVER HEELS foi um hino pra quem viveu o anos de 1985. O clip é muito bom e todo o arranjo é muito marcante. Esta também faz parte das minhas favoritas de todos os tempos.

A penúltima é algo que vocês não vão conseguir ouvir por aí… Trata-se de uma remix não lançada comercialmente, mas completamente em cima da original para Hall & Oates e a clássica e classuda MANEATER. Acreditar que essa música tem exatos 30 anos nos faz entender como funciona a verdadeira máquina do tempo. Essa funciona em qualquer pista de dança. A harmonia é muito forte e a energia da batida contagia. Uma das melhores músicas tocadas em rádio. Nunca saiu das paradas lá em casa.

Fechando, outra preciosidade… Rupert Holmes lançou HIM em 1979 e desconheço remix oficial, mas tenho essa aqui (que compartilho a partir de agora) em que temos uma bela versão longa demonstrando a beleza do arranjo. HIM fez muito sucesso no Brasil e é uma balada marcante. Os vocais de Rupert Holmes (um dos melhores dos anos 70) e a letra dessa canção são muito especiais. Lembram de como muitos de nossos professores recomendavam a tradução de letras de canções de sucesso para aprimorar o inglês? Pois é… HIM foi uma de minhas traduzidas.

AS MAIORES REMIXES DE TODO OS TEMPOS (OUTUBRO/2012)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s