Existe um grande número de músicas que fizeram sucesso em sua época de lançamento e depois cairam no esquecimento, tocando muito pouco nos anos seguintes. Nesta quarta-feira vamos desencravar um punhado delas. Canções que são maravilhosas de 1980 a 1885, mas ficaram meio que esquecidas. Vamos relembrá-las, então?

Abrindo, uma música que tem muito do estilo pop-sofisticado que George Benson usaria pouco depois. Mas trata-se de Bozz Scaggs com a jazzística e comercialmente linda JO JO. Essa música fez muito sucesso e entrou na parada da Billboard de 1980, tocando bastante também em rádios do mundo inteiro. Lembro de curtir ela, já como um flash-back, em 1982 na Gazeta FM de Maceió.

Depois, uma balada que tocou bastante nas noites de 1981… Stanley Clarke e George Duke com a doce SWEET BABY ainda surpreendem tocando vez por outra na Antena 1 ou na WBLS. O refrão dessa pérola é muito suave e muito especial pra dançar. Foi tocada naquela seção de lentinhas nos sábados no programa Ritmos de Boate da Mundial AM.

Seguindo, uma de minhas favoritas do Fleetwood Mac… HOLD ME tocou bastante e tem um clip curioso que foi veiculado em tevês. Gosto muito do arranjo vocal de HOLD ME, que combina perfeitamente as vozes de Lindsey Buckingham e Stevie Nicks. Tem uma produção curiosa, com arranjos de teclados que se destacam, além, claro, da guitarra de Buckingham. O refrão também é delicioso e asfixiante…

A quarta é uma que cantei e curti bastante em 1983. Cheguei a comprar o disco de Taco só por causa de PUTTIN’ ON THE RITZ! Fazíamos muito isso (comprar um disco por causa de uma ou outra canção), na verdade arriscando com a certeza e que iríamos descobrir ainda mais canções interessantes. Com Taco não foi diferente. O disco é ótimo, mas PUTTIN’ ON THE RITZ é a melhor mesmo. Aqui vamos curtir a versão sete polegadas original.

Huey Lewis & The News e a clásssica IF THIS IS IT, de 1984, estão na penúltima faixa desse set de pouco mais que vinte e quatro minutinhos. Gosto demais dessa música e ainda sou fanático pelo solo de guitarra da abertura, e esse sentimento inclui clip, versões ao vivo e até os instrumentais pra karaokê. É uma grande balada que infelizmente não teve nenhuma remix oficial lançada.

Fechando essa sequência, Aretha Franklin e a bela eletrônica WHO’S ZOOMING WHO, de 1985. A produção dessa faixa fica a cargo do mago Narada Michael Walden, que conseguiu um clima diferente pra voz de Aretha. Adoro a abertura de WHO’S ZOOMING WHO e ouvir a voz e Aretha, naquela época, numa canção pop eletrônica era mágico. Aliás, continua mágico ainda hoje!

Clique no link abaixo e curta…

TESOUROS QUASE ESQUECIDOS (80-85)

Um comentário sobre “Tesouros quase esquecidos…

  1. Olá Ed. Muito bom seu blog. Esta dando mensgem de Access Denied, o que preciso fazer pra conseguir obter esse ‘tesouros esquecidos’?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s