mao.jpg

Que tal uma sequência mixada de sucessos nacionais dos anos 80 e algo mais? São quase 43 minutinhos de coisa boa!

Abrindo este set, temos a remix de época pra Marina e À FRANCESA… Essa música é de autoria de Cláudio Zoli, que inclusive tem uma gravação dela. Tocou muito em rádio e ainda é considerada uma das referências do repertório da cantora. Sinceramente, gostava mais de Marina nessa fase, sem o Lima que ela acrescentou ao seu nome artístico. Mas ela ainda faz coisa boa…

Virando a mixagem vem Lulu Santos e a maravilhosamente sexual ADIVINHA O QUÊ. Lembro dos shows de Lulu nessa época e essa música criava um clima largado e bem paquera… Muito gostosa a melodia de um dos hinos do chamado B-Rock. Uma canção que melhora muito o humor…

A terceira é uma pequena raridade. A versão instrumental de FIXAÇÃO com Kid Abelha e Os Abóboras Selvagens. Essa música é um grande exemplo de arranjo simples e eficiente… Adoro as guitarras e o teclado tocado nesse rock delicioso. Kid Abelha é um dos grandes valorizadores do saxofone em seus arranjos musicais. Aliás, Paula Toller é um dos melhores vinhos da música nacional… E melhora a cada dia que passa…

Seguindo, temos Guilherme Arantes com CHEIA DE CHARME ne remix de época. Essa canção é mais um dos exemplos de como a música comercial tinha bem mais sofisticação que hoje. O ecletismo dos arranjos e produção era marca registrada. Fazia um bem danado ouvir essas coisas no rádio… Ainda fazem bem demais!

A quinta é um dos maiores sucessos nacionais e uma das músicas que mais vendeu nesse país. Quem tem mais de 30 anos, certamente curtiu muito MENINA VENENO com Ritchie. A letra é uma coisa ingênua mas a melodia funcionou muito… Era um grude delicioso… Estamos em 1982…

A sexta é com Rita Lee e a clássica LANÇA-PERFUME… Sempre escutei muito essa música e tem detalhe dela que curtia ainda mais. Logo depois que Rita canta o refrão ela menciona um sonzinho ‘tsss’… Aahh, eu adoro! Memê fez uma ótima remix nos anos 90… Uma pérola que mistura bem carnaval e rock…

A próxima é mais uma que adoro demais… Erasmos Carlos e MESMO QUE SEJA EU tem uma melodia que é bem a cara da época. Tocavam muitas coisas nesse estilo nas rádios dos anos 80. Acho que era isso que fazia aquela época tão mágica. A trilha sonora recorrente dava o tom de todas as nossas paixões… E o melhor é que, quem viveu essa época, ainda traz muito desse sentimento e pode infectar as gerações seguintes…

Depois temos uma canção linda… Melodia, arranjo, letra… LINDO LAGO DO AMOR é um dos grandes sucessos de Gonzaguinha, que tem uma obra incrível… A gaita tocada é muito bonita e tempera muito bem a melodia… Agora imaginem uma época onde sucessos eram assim?! Era bom demais!

A penúltima é a deliciosa ROLAM AS PEDRAS com Kiko Zambianchi, e sua batida eletrônica marcante. Acho a introdução dessa música contagiante e foi um dos grandes sucessos das pistas na época… Ainda danço muito lá em casa!

Fechando essa sequência, vem a deliciosa versão house pra SOZINHO de Caetano Veloso… Gosto muito dessas versões, apesar de preferir as remixes em cima dos arranjos da original. Esta saiu num single que foi pras lojas com as versões ao vivo e mais duas remixes. Acho que não está mais em catálogo, mas, se achar, compre!

BLOG’S NACIONAL MIX

Postado originalmente em 04 de abril de 2007

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s