salada.jpg 

Vocês já devem ter ouvido falar na definição de música… Um dos conceitos mais consensuais diz que a música é uma combinação de sons e silêncio desenvolvida ao longo de um tempo, e que é produzida antes de ser ouvida.

A música eleva os sentimentos mais profundos dos seres humanos e cria sensações que somente ocorrem graças à sua combinação ímpar de harmonias e voz…

Acho muito bonito o fato de podermos ouvir música desde o ventre das mães… Seria por isso que estaríamos tão familiarizados com sons de épocas onde ainda éramos embriões? Isso torna maior ainda a paixão por toda essa obra musical que se produz em todo nosso planeta. Através da música podemos viajar… No tempo… No espaço… Na vida.

É fascinante a variação de estilos e gostos musicais, que pessoas próximas ou não demonstram… Tem gente que curte coisas inacreditáveis… Pelo menos pra alguns de nós!

Eu já devo ter dito antes: MÚSICA É A VERDADEIRA MÁQUINA DO TEMPO! Então, vamos embarcar na nossa exclusivíssima caixinha de emoções rumo às nossas almas sedentas por sensações?

Pra brindar essa sexta-feira, véspera do dia em que vamos homenagear as mulheres MAIS IMPORTANTES de nossas vidas e com a presença de Divina aportada no Brasil, preparei uma salada musical de pérolas musicais…

Abrindo, uma das baladas mais lindas da década de 70, com um dos maiores grupos de todos os tempos, Stylistics. WE CAN MAKE IT HAPPEN tocou muito no Brasil e teve até uma versão lindíssima feita pelo ator Carlos Eduardo Dolabella. É uma música com gosto de passado e uma sensação de ‘amor bom’… Positiva, apesar de sentimental. Eu curto demais essa raridade que deixou de ser tocada em nossas rádios…

A segunda é Guru e os deliciosos vocais de N’Dea Davenport, vocalista do Brand New Heavies, com a ótima TRUST ME. Trata-se de uma fusão muito própria do início da década de 90 pra o rhythm & blues e o jazz… Tivemos uma safra excelente de grupos e cantores fazendo essa fusão. Os teclados tocados nessa canção seguem bem esse estilo. A versão extended é lindíssima. Aliás, todos os CD’s de Guru merecem ser comprados pela diversidade e mistura de estilos, mas mantida a classe.

Seguindo, vem uma ótima com um grupo das antigas que ainda continua gravando. Laid Back estourou para o mundo com SUNSHINE REGGAE e WHITE HORSE, ambas de seu disco Keep Smilin’ de 1983. Na nossa salada musical vem uma de seu CD de 2005. HAPPY DREAMER tem uma guitarra deliciosa abrindo, logo em seguida à batida sêca que introduz, e também um arranjo de cordas muito harmônico, pra quem gosta de um combustível a mais nas nossas viagens… Gosto muito também dos vocais feitos num estilo bem largado… I’m a happy dreamer… I believe in love… I guess I’m not the only one.

Depois vem uma parceria perfeita entre Paul McCartney e Micheal Jackson em THE MAN. Essa faixa fez parte do disco de Paul na época em que ele e Michael andavam fazendo coisas juntos… Infelizmente essa colaboração acabou quando Jackson adquiriu boa parte dos direitos de músicas dos Beatles que McCartney tanto desejava. Mas, felizmente, a obra fica. E esse foi um dos grandes exemplos de como era forte a união dos dois. THE MAN tocou muito na Transamérica FM em 1984. Faz bem curti-la até hoje… A abertura é linda!

A quinta é uma música de Rita Lee, cantada por Gilberto Gil. PULA CAMINHA é bem agitada e muito pra cima. Lembro que nas locuções da Transamérica FM, ao se anunciar Gil, normalmente se dizia ‘Gil Black Gil’… Eu gosto demais das coisas de Rita Lee gravadas por outros cantores… Essa é um bom exemplo. Estamos agora em 1983.

A sexta é uma canção agitada do grande guitarrista Pepeu Gomes, lançada em 1983, e que fez algum sucesso acho que pela mistura explicitada em seu título (ROCK ‘N GOL), além de ser muito gostosa. Conheci esse rock numa coletânea ótima de 1983 chamada Verão 84. Vou tentar resgatar essa preciosidade pra postar no nosso tópico LP’s Clássicos.

Temos, então, uma canção muito swingada e com uma letra que curto muito. Tony Bizarro e ESTOU LIVRE é muito alto astral e tem um arranjo que lembra muito Tim Maia. Aliás, Bizarro, juntamente com o próprio Tim, é um dos pilares mais originais da black music brasileira. O cara era um destemido que gravou um disco na gravadora em que trabalhava enquanto o seu diretor viajava. Quando retornou, Toni foi demitido. Logo em seguida, lançou alguns compactos em 1983. Um desses era ESTOU LIVRE, que já foi regravada por Cláudio Zoli, inclusive. É uma balanço contagiante com uma letra inspirada numa blitz pela qual passavam Tony Bizarro, Robson Jorge e Lincoln Olivetti. Depois do susto, eles começaram a improvisar no carro: estou livre… estou vivo… vale a pena”. Chegando ao estúdio de Olivetti, fizeram os arranjos e na manhã do dia seguinte a música já estava prontinha.

A penúltima dessa sequência de 42 minutinhos é uma das maiores remixes de 1981. Johnny Bristol era um daqueles cantores blacks com vozeirão no melhor estilo de Lou Rawls. LOVE NO LONGER HAS A HOLD ON ME é um balanço inacreditável, com um arranjo muito ao estilo do final da disco music, porém sofisticado. Aqui degustaremos a versão 12 polegadas.

Fechando outra raridade da música negra que animou muitas pistas no início da década de 80. Dayton é um dos melhores grupos americanos de música negra popular. Eles regravaram o clássico HOT FUN IN THE SUMMERTIME, de Sly & The Family Stone, que é uma covardia. Porém, em nosso cardápio deste post aparece outra maravilha de seu repertório: THE SOUND OF MUSIC em sua versão inteirinha. Essa é uma das mais lindas remixes de uma canção que conheço. O arranjo e os vocais fazem a gente viajar para o mundo mais saudável: o da música.

E se você desejar embarcar em mais essa viagem exclusiva, basta clicar no link abaixo e aproveitar essa legítima salada musical, com ingredientes selecionados.

SALADA MUSICAL DO BLOG

Postado originalmente em maio de 2007.

7 comentários sobre “RE-POSTAGEM: Músicas pra relaxar a mente, aquecer o coração e alimentar bem mais a alma… Com uma salada musical especial pa curtir!

  1. Esse é o grande Ed , os comentários , sempre com a mais sofisticada ótica da música, vale a pena baixar só pelos comentários , mas as músicas também valem muito a pena , então já estou baixando .
    Valeu , Ed, tank you,
    Reinaldo Lima

  2. Caro Ed, esse mundo que você criou é fascinante.
    Todas essas músicas que eu julgava perdidas, e agora reaparecem, trazem uma saudade muito grande, mas muito boa.
    Achei seu blog através de um primo meu que mora em Nova Iorque (Daniel). O cara é fã de suas sequências e do seu gosto musical e diz que elas fazem sucesso com o pessoal amigo dele.
    Muito bons seus textos e sua sensibilidade musical.
    Bom pra você e melhor ainda pra quem acompanha seu trabalho.
    O que acho mais interessante é como sua linguagem em momento algum incentiva coisas como a pirataria. Suas postagens, pelo contrário, até sugerem que compremos esse ou aquele disco, além de incentivar a conservação da memória musical. Acredito que seria um papel onde as gravadoras deveriam investir mais, resgatando todas os tesouros de seus catálogos, como ocorre muito e países como Japão e na Europa.
    Mais uma vez, parabéns e que vocêr permaneça por muito tempo adoçando as vidas de quem frequenta seu blog com toda essa melodia e harmonia de suas pérolas (como você mesmo diz).
    Abraços desse assíduo frequentador da sua página.
    José Cláudio – SP

  3. tudo o que voce quiser na vida, é só implantar O DESEJO em sua mente , acreditar e nao duvidar jamais. . .
    O QUE VOCE SEMPRE DESEJOU, JA ESTA ACONTECENDO.
    A MUSICA AJUDA A FAZER COM QUE ISTO ACONTEÇA COM MAIS RAPIDEZ E EFICIENCIA.
    É ISSO AÍ. ABRAÇO A TODOS. BECK RAMALHO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s