guitar

Não sei se é uma impressão só minha, mas tenho a sensação de que o rock que tocava em rádio nos anos 80 era mais gostoso… Deve ser bairrismo! Mas sabem o que é?! Não consigo ver uma safra radiofônica que foi povoada por artistas como Tears For Fears, Prince & The Revolution, The Cure, Simple Minds, Phenomena II, Marillion, Supertramp, Suzanne Vega, Billy Joel, Steve Perry, The B-52’s, Devo, Huey Lewis & The News, The Smiths, Wang Chung, Johnny Hates Jazz, The Police, Dire Straits, Madness, e tantos outros… Muitos vieram dos anos 70, mas passaram bem pela Década de Ouro!

Hoje é sábado e eu estava pensando em voltar a curtir algumas daquelas pérolas… Que tal? Vamos embarcar pra o bom e velho rock? Então vamos…

Abrindo, uma belíssima versão alternativa de um dos hinos daquela época… O Marillian fez um clip muito bom pra KAYLEIGH e, talvez, essa seja uma das razões responsáveis pra o sucesso estrondoso da canção. Era uma de minhas favoritas… O arranjo e todas aquelas guitarras pairando no tempo eram marcantes. Essa versão tem a segunda parte da música cheia de efeitos de overdub e eco… Bom pra matar a saudade! Acho que estamos em 86…

Seguindo, outro hino maravilhoso… LUKA, de Suzanne Vega, é lindíssima e muito nostálgica… Curioso… Eu já sentia muita nostalgia desde quando ela foi lançada. Outra que tem um clip muito bonito… O solo de guitarra tocado no meio da faixa é um dos mais marcantes…

A terceira é Tears For Fears com SWOWING THE SEEDS OF LOVE… Aliás, essa tem gosto de Beatles! O próprio Roland Orzabal admitiu que tinha bebido da fonte beatlemaníaca… E fez com muita beleza… SWOWING THE SEEDS OF LOVE marcou muito o final da década de 80 pra mim… Nesta sequência, vamos curtir a versão editada pra tocar em rádio… Eu sempre me impressiono com as reviravoltas que o arranjo de SEEDS OF LOVE traz… Perfeito pra homenagear a maior banda de todos os tempos: os Beatles!

Logo depois temos mais uma clássica… Eu sempre considero a fase mais viceral de Prince quando ele tinha a banda de apoio The Revolution. WHEN DOVES CRY fez parte da fantástica trilha de Purple Rain. É revolucionária, assim como grande parte do trabalho de Prince. Só quem viveu os anos 80 tem a perfeita idéia do quanto essa música tocou em rádio e nas festinhas… Eu adoro e ainda consigo achar o gosto que sentia ao ouvi-la na Transamérica FM…

A quinta… Ôba! The Clash e ROCK THE CASBAH! A irreverência dessa preciosidade tinha que ter como autores o pessoal do The Clash… Essa derrubava qualquer pista de dança com a energia do rock and roll. Até Giancarlo Secci se rendeu à essa pérola e mandou ver em alguns Dancing Nights! Mágica!

E continuando nosso pacote de irreverência, não podemos seguir viagem sem passar pelo The Cure e seu visual dark… IN BETWEEN DAYS é inesquecível e faz o mundo girar… Foi usada na deliciosa abertura do programa Clip Clip da Rede Globo. Neste set, curtiremos a extended US version e seu início só com a batida eletrônica até os acordes do baixo invadirem nossos ouvidos… A adrenalina não perdoava!

Fechando mais esse especial, a divertidíssima banda Devo e a irônica BEAUTIFUL WORLD. O Devo tinha uma produção meio robótica mas muito animada pra seu estilo de música. Foi um dos maiores responsáveis pela disseminação do new wave no início dos anos 80. It was a beautiful word!

Vamos balançar ao som de guitarras dançantes? É só clicar…

A LITTLE ROCK ‘N ROLL… YEAH!

Frase do Post: O Rock ‘n Roll retarda o envelhecimento! (Bruce Springsteen)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s