O programa Live From Daryl’s House foi ao ar pela primeira vez em 15 de novembro do ano passado. A concepção é muito interessante… Daryl Hall, da minha dupla favorita Hall & Oates, transmite de sua casa nos arredores de Nova Iorque, uma session com a participação de amigos e da sua banda.

Nestas deliciosas sessões, são tocadas versões acústicas de sucessos da dupla e dos convidados… Tudo de forma muito informal, divertida e descontraída. O resultado é um conjunto de versões gostosas de ouvir e com arranjos simples…

De todos os programas que foram ao ar, separei alguns dos seus melhores momentos num módulo de pouco mais de 33 minutinhos… Vale muito a pena numa manhã de domingo como essa…

Abrindo, a apaixonante SARA SMILE, que fez muito sucesso em 1975 e foi lançada no disco da dupla conhecido como Silver Album. É uma das baladas mais tocantes pra mim e ainda é obrigatória em seus shows. Tem versões memoráveis nas apresentações de Daryl Hall & John Oates do início até a metade dos anos 80. A versão original é muito suave… Quase uma canção de ninar… É uma de minhas favoritas pra curtir numa noite de sexta-feira…

Seguindo, temos uma canção do segundo álbum solo de Daryl, lançado em 1986 e chamado Three Hearts In The Happy Ending Machine… Uma das grandes sacadas desse tipo de projeto, como é o Live From Daryl’s House, é a oportunidade de resgatar canções que desmerecidamente não fizeram sucesso… WHAT’S GONNA HAPPEN TO US é uma música muito bonita que fechava o disco. Era uma das que mais ouvia… Ainda ouço bastante, ainda mais agora que aparece renovada… Esta versão ficou linda, mas ainda não consegue alcançar a incrível claustrofobia da original. Eu adoro…

A terceira dispensa maiores apresentações por se tratar de um dos grandes sucessos de 1983, apesar de ter sido lançada em fins de 82 no discaço H2O da dupla. ONE ON ONE é uma das grandes canções românticas de todos os tempos… Não importa a versão, a música é boa… O curioso é que nas apresentações ao vivo, Daryl e John tornam ela bem mais intimista que a original. Trata-se de uma canção especial pra gente viajar de volta ao tempo em que a música dizia muito mais do que diz hoje…

 EVERYTIME YOU GO AWAY, a ante-penúltima dessa especial, também não precisa de maiores detalhes… A versão original dessa belíssima música foi lançada no álbum Voices, da dupla, em 1980. Todavia seu maior sucesso foi alcançado na sensacional versão de Paul Young, em 1985. É outra canção que tem versões ao vivo muito vigorosas. Uma das melhores é a do álbum ao vivo que Hall & oates lançaram em 1985, com a sofisticada participação de Eddie Kendricks e David Ruffin, dois dos integrantes originais dos Temptations. Nessa versão do Live From Daryl’s House temos a participação do rapper Travis McCoy, do ótimo grupo , que faz uma ótima incursão, dando um toque deliciosamente diferente, dando um ar bem jam session…

Quase fechando, outra clássica, também com a versão original lançada no disco Voices de 1980. KISS ON MY LIST é uma pérola que, cada vez que envelhece, parece melhorar ainda mais… Tenho lembranças muito nítidas de ouvir no rádio e vibrar com a energia que essa canção passava. Era uma harmonia nova pra aqueles tempos… Era apaixonante ouvir ‘because your kiss is on my list of the best things of life’… Ingenuo e muito bonito… Nesta versão temos a participação da cantora inglesa KT Tunstall, que dá um ar deliciosamente country aos vocais. É outra das canções mais belas que um ser humano produziu… E mais sorte teve quem pode curtir na época. Inesquecível!

A última era de fazer qualquer pista de dança passar mal em 1984. Lançada no imbatível disco Big Bam Boom, OUT OF TOUCH tem remixes ótimas feitas por Arthur Baker e grandes versões ao vivo. Uma de minhas favoritas é a do show de reabertura da Estátua da Liberdade em 4 de julho de 1985. Aqui também a ótima participação de KT Tunstall… É incrível o astral da melodia dessa música e como ela parece não envelhecer… E ainda tem um dos melhores videoclips que conheço… Fechamos com estilo… Agora, pra baixar, basta clicar no link abaixo!

ESPECIAL LIVE FROM DARYL’S HOUSE

3 comentários sobre “Live From Daryl’s House… Uma coletânea de pouco mais de meia hora pra relaxar!

  1. Oi Ed demais seu texto, nossa me fez viajar… Como amo Hall & Oates adorei o texto, fazendo voltar aos anos 80 quando eu momeçava a escutar musica e se apaixonar pela dupla. Live from Daryl’s House é uma grande sacada e um presente para quem curte boa musica com arranjos só no violão abraços
    rui

  2. Me lembro da primeira vez que descobri que eram eles os responsáveis por sucessos como Maneater, kiss is on my list , I cant go for that, one on one, Out of Touch e Say It Isnt So, foi na antiga e já extinta rádio Alvorada do RJ… foi um especial de 1 hora de músicas desses artistas…fiquei muito feliz de saber que eram todos de uma única dupla.
    Todas as vezes que escuto One on One eu volto no tempo.
    Até hoje, baixo versões diferentes dessas músicas…
    Se alguém souber de algum DVD de video clipes deles por favor me avisem.
    Gostaria que algumas pessoas fossem imortais, mas Deus tem suas razões e uma das razões deles estarem nesse mundo foi criar belas canções que em momentos difíceis de nossas vidas nos trouxe paz e alegria.
    Pessoal, vou parar por aqui se não vou começar a chorar…rs.
    Um abraço para todos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s